was successfully added to your cart.

Carrinho

Já para o guarda-roupas!

Devagarinho o termômetro vai subindo, a roupa fica mais leve e aqueles casacos, gorros e edredons que nos acompanharam nos dias frios, voltam ao armário.

Na hora de guardar as peças para o Inverno de 2012, todo o cuidado é pouco, afinal o modo de conservação é o que vai definir se no ano que vem você poderá desfilar os mesmos looks.

Antes de se despedir do figurino de frio é importante lavar todas as peças que não serão mais usadas com frequência, para que sejam guardadas limpas. Esse procedimento evita surpresas desagradáveis daqui a alguns meses. Aqui damos algumas dicas para que as suas roupas durem muitos anos, em perfeito estado!

Couro – Nunca use sacos ou capas plásticas para envolver peças em couro. O ideal é protegê-las com capas de TNT escuro (para evitar degradação do corante por causa da incidência de luz) e, a cada 30 dias, expô-las em local fresco e à sombra. No caso de casacos, pendure-os em cabides plásticos ou de madeira, com ombro largo, para evitar deformação. Jamais o guarde se estiver sujo ou úmido de suor ou chuva. Peças de couro liso podem receber uma limpeza básica com pano úmido e produtos de higiene e hidratação, vendidos em lojas especializadas. A lavagem deve ser feita no mínimo  duas vezes por ano ou quando a peça apresentar sinais de pequenas sujidades.


Foto: Reprodução

Lã, malha e tricô – Tecidos de lã só podem ser lavados com detergente neutro, no processo “delicado” da máquina de lavar. O sabão em pó encolhe e endurece a lã, da mesma forma que a secagem feita em secadora ou fonte de calor. O correto é colocar no varal, em local fresco e arejado. Malhas e tricôs só podem ser lavados manualmente no molho com detergente neutro e não podem ser torcidas, centrifugadas ou penduradas porque estiram e deformam.  A secagem deve ser feita sobre uma tela na horizontal, em local fresco e arejado. Ao guardar peças assim, coloque-as dobradas em sacos de TNT. Não pendure em cabides, pois elas ficarão deformadas.

Foto: Reprodução

 Camurça – Assim como o couro, por se tratar de pele animal, o ideal é confiar a limpeza a uma lavanderia especializada.  Deve ser guardada em capa de TNT, em local seco e deixada para “respirar” e tomar ar, pelo menos uma vez ao mês em local arejado e fresco. Jamais guarde esse tipo de peça com umidade porque acelera a proliferação de fungos (mofo) e acaba estragando a textura e a cor.

Flanela e Algodão- Devem ser guardadas bem secas e em lugar arejado, pois em contato com calor e umidade suas fibras naturais constituirão um ambiente favorável ao desenvolvimento de bactérias.

Edredons e cobertores – Devem ser guardados em capas de TNT, que permitem ventilação. Outra dica importante: o peso e o volume de cobertores e edredons podem quebrar a máquina de lavara doméstica. Por isso, aconselha-se lavar essas peças em boas lavanderias, se possível a cada três meses.

Foto: Reprodução

 Uma dica importante para conservar as roupas de inverno é deixar as portas dos armários abertas durante algumas horas uma vez ao mês em dias secos, para arejar as peças. Para tirar o cheiro de roupa guardada, acrescente uma colher de bicarbonato de sódio antes do último enxágue da peça.