was successfully added to your cart.

Carrinho

Personal Organizer: entenda as vantagens de ter um por perto

personal-organizer

Como acontece com toda profissão nova e pouco divulgada, a atividade do Personal Organizer ainda se encontra envolta em muitos mitos e preconceitos. Não é raro ver aqueles que desconhecem a natureza do trabalho se perguntarem por que, afinal, contratariam alguém para fazer algo tão básico quanto organizar a sua casa ou escritório.

A resposta para essa questão começa em notar a armadilha na própria pergunta. A organização, ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, está longe de ser uma questão trivial e exige mais do que mera vontade para ser realizada em alto nível.

Se, por um lado, lembramos de nossas avós ou bisavós administrando a casa com naturalidade e perfeição, por outro esquecemos do tempo que suas gerações empregavam para o aperfeiçoamento dessa atividade desde a infância ― e que nós já não estamos tão dispostos a dedicar.

Um Personal Organizer significa mais tempo para você

O primeiro motivo para se ter um Personal Organizer, portanto, é o preenchimento da lacuna deixada pela mudança de prioridades na vida contemporânea. Em meio à carreira, aos filhos, aos relacionamentos e a tantas coisas mais, tendemos a jogar o cuidado com a organização para o fim da fila. O primeiro resultado disso, ironicamente, é que acabamos com menos tempo ainda para o que nos satisfaz.

E o motivo não é difícil de intuir, pois a desorganização sempre gera retrabalho. Como diversos estudos já demonstraram, gastamos uma média de 16 minutos a 1 hora por dia só para encontrar objetos perdidos, o que, ao longo do tempo, pode corresponder a 1 ou até a 2 anos inteiros de nossas vidas!

A falta de organização passa a impressão de que o tempo anda mais rápido. As atividades, por menores que sejam, tendem a aparecer como um círculo vicioso. O resultado é que as atividades mais importantes também não são realizadas, os problemas não são solucionados e o trabalho não anda. Um dos principais sintomas da ansiedade é a sensação de estar correndo em busca de algo, sem ao menos saber do que se trata. É essa bagunça interna que a falta de organização externa poderá proporcionar.

Com um profissional que seja capaz de criar uma ordem na rotina da casa ou do trabalho, sistematizando e otimizando os processos, o tempo naturalmente aumenta e pode ser investido em nossas maiores prioridades.

A produtividade também tende a aumentar

Você sabia que trabalhar dentro de sistemas bem elaborados ou em ambientes pensados para um melhor rendimento pode causar uma explosão na produtividade? Não apenas pelo ganho de tempo já citado, mas especialmente porque uma rotina e um espaço administrados de forma mais inteligente criam atalhos para uma maneira de trabalhar também mais inteligente.

À medida que estuda as práticas de um ambiente de trabalho, o Personal Organizer pode notar, por exemplo, como um determinado horário de expediente impacta na qualidade do serviço. Especialmente em mercados de alta competitividade, a forma de se organizar no cotidiano pode ser decisiva.

Se você já ouviu falar no poder do foco, talvez entenda melhor a importância desse profissional. Quanto menos detalhes e elementos o seu cérebro possuir para se distrair, maior a concentração e melhor o resultado. Um menor número de decisões possibilita mais eficiência, trabalhando sempre com decisões firmes, transparentes e direcionadas. Novamente terá o benefício de diminuir o estresse, a insegurança, a ansiedade e o nervosismo.

Redução significativa do estresse

Uma pessoa desorganizada não consegue se concentrar numa tarefa e fica pulando de lá para cá e daqui para lá. O final do dia é sempre um momento melancólico, ao olhar para trás e perceber que as coisas não saíram como o imaginado. E isso acontece com uma semana, um mês, um ano e, se deixar, com a vida toda.

Talvez você já esteja pensando onde esse ciclo vai chegar. O pior é que todos os dias existe a promessa de uma organização oficial e a disciplina escorrega entre meio aos dedos. O estresse é apenas a ponta do iceberg, mas muitas doenças da mente podem estar intimamente ligadas a um ambiente desorganizado e uma vida confusa.

Delegar essa tarefa a um Personal Organizer é uma forma de se livrar do pesado fardo de não conseguir se autodisciplinar. Pense que a organização externa é o reflexo de nossa vida interna ou vice-versa. Por isso, não é salutar tentar solucionar o problema sozinha, pois poderá acrescentar mais uma frustração nesse mar de vibrações negativas.

É natural que, ao ganhar mais tempo e aumentar sua produtividade, você sinta menos estresse. Mas não é apenas por essas duas razões que a qualidade de vida de alguém que busca ajuda para organizar-se costuma aumentar de maneira tão clara.

O principal motivo é que esse método de “terceirização” ataca diretamente o problema do excesso de responsabilidades, considerado por um estudo da Escola de Saúde Pública de Harvard o fator primordial de estresse para 59% das mulheres e 46% dos homens consultados (entre jovens adultos, esse número salta para 65%).

É muito comum que o gatilho para os acessos de culpa em uma pessoa se encontre na sua desorganização, pois muitas vezes está enraizada em nosso subconsciente a tradição equivocada de pensar na organização como responsabilidade intransferível e até questão de honra. Quando conseguimos delegá-la, notamos um alívio considerável, pois deixamos de nos cobrar por algo que não temos obrigação de exercer com excelência.

A melhor maneira de perceber a importância da organização na sua vida é chegar ao final do dia com a mente tranquila e com a serenidade de quem tomou as melhores decisões.

A harmonia do ambiente ajudará em todos os aspectos

É praticamente uma unanimidade entre os psicólogos que a vida interna é um reflexo da externa, assim como o contrário também é verdadeiro.

Um Personal Organizer conhece cada ambiente e possui a sensibilidade para distribuir os objetos de forma harmônica. Para isso, retira o que está sobrando e, caso necessário, acrescenta algo que poderá incrementar boas vibrações ao trabalho e à vida pessoal. A partir desse momento, você iniciará um ciclo vicioso para o bem.

Ao resolver os conflitos internos oriundos da falta de organização, você saberá como lidar com os problemas externos e vai internalizar as soluções como parte da vida. Essa mudança de mindset é fundamental nesse processo. Veja que o Personal Organizer terá uma missão bem maior do que organizar ambientes e processos, ele ajudará a organizar a sua vida.

No caso de todas as vantagens citadas, que certamente não são as únicas, a expressão-chave é qualidade de vida. Assim como um Personal Trainer pode revolucionar a sua relação com o corpo e um Personal Stylist a sua relação com o estilo, o Personal Organizer é, antes de tudo, alguém capaz de transformar a sua maneira de lidar com os bens materiais e imateriais que estão sob o seu cuidado, encontrando uma forma mais harmônica e inteligente de aproveitá-los no cotidiano.

Será que agora a ideia de ter um Personal Organizer parece mais interessante para você? Se o post ajudou a esclarecer suas dúvidas, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais!

Join the discussion 2 Comments